Março 11, 2021

Ciberercafé

e na primeira década do século XXI, graças à massificação da Internet em muitos países que foram participantes, os cybercafés tornaram-se negócios muito populares. No entanto, a excesso de oferta, a concorrência desleal e a queda dos preços, o consumo de energia dos computadores fez o setor sofreu uma crise significativa, e é por isso que muitas empresas foram mortas no fechamento.

Outra circunstância que colocou na vista Das autoridades para os cafés da Internet é o aumento dos crimes de computador realizados a partir desses locais de acesso público, onde o controle do usuário é difícil. Além disso, com acesso livre a páginas pornográficas sem ter filtros adequados para menores, a moda de cabines privadas tem sido imposta, o que prossegue ainda mais acesso a estas páginas.

Em alguns países como a Turquia, Cuba, China ou Arábia Saudita, Cafés da Internet são duramente regulamentados para impedir que seus cidadãos se comuniquem livremente e acesse informações nãoutrais sem restrições. A aplicação de filtros rigorosos é obrigada e os controles de censura do governo são realizados.

A massificação do serviço de Internet residencial diminuiu a existência desse tipo de premissas, causando sua diminuição gradual.

Tipos de cybercaféditary

um cybercafé que funciona com Energia solar, San Juan del Sur, Nicarágua.

De acordo com a clientela local e associada, vários tipos de cybercafés podem ser distinguidos. Cada um deles requer um equipamento de computador diferente, bem como um nível diferente de manutenção e conhecimento para poder gerenciá-lo.

Focado no gameeditar

Este tipo de cibersala é caracterizado Por uma jovem clientela vai jogar na rede com outros jogadores (geralmente conhecidos ou amigos) ou sozinho (brincar com o computador). Eles pedem computadores poderosos, devido às demandas dos jogos modernos, e uma maior renovação de equipamentos, desde novos jogos que precisam de mais poder ou qualidade gráfica emergir constantemente no mercado. Eles permitem uma inovação constante nas técnicas.

Focado para o uso de internetting

Eles têm computadores para poder navegar na Internet em um ambiente geralmente tranquilo e relaxado.

As equipes não precisam ser tão poderosas quanto no caso anterior, mas devem ser configuradas adequadamente para evitar o uso indevido dessas, como a instalação de programas que possam causar danos ao equipamento.

é aconselhável não conectar mais de oito webcams para o uso de videoconferência. Se uma boa qualidade é desejada, é necessário contratar ADSL, pelo menos 2 Mbps. Se exceder o número de oito pessoas usando videoconferência, ocupar grande parte da largura de banda de absorção, todo o acesso à Internet e a carga das páginas se tornarão lentas .

Este tipo de instalações orienta o negócio para um público universitário ou estrangeiros.Es o complemento ideal para os radiodifusores, tanto competindo para o mesmo público-alvo. Os computadores são mais baratos e permite ser responsável pelo cybercafé para uma pessoa menos qualificada.

Este tipo de cibersala é aquele que está substituindo salões recreativos, onde os jovens se encontram, o que geralmente é o público que maior desgaste faz no computador material.

Recomenda-se o mais alto nível de proteção possível.

Devido à massificação do serviço de Internet residencial, houve uma redução considerável dos usuários desse tipo de premissas, o que os faz diminuir P. Nots de quase desaparecendo gradualmente.

usuários para

cybercafé aberto 24 horas por dia.

hoje, os maiores usuários dos cybercafés são jovens que geralmente se encontram neles para acessar videogames na rede. Eles também são freqüentados por pessoas que controlaram o acesso à Internet em seu trabalho e não têm alternativas de consulta em suas casas, por estudantes e pais que exigem conselhos sobre busca de informações, por viajantes que encontram no Cybercafés a possibilidade de ter uma maneira de se comunicar Com sua família e amigos e para qualquer outra pessoa que exija acesso à Internet e seus serviços de forma rápida e barata.

em alguns países, os cybercafés reúnem comunidades de amigos nos fins de semana à noite, como uma alternativa de lazer à ingestão de álcool , porque seus horários liberais são geralmente estendidos até tarde da noite.

Com o grande boom das chamadas redes sociais, o uso desses estabelecimentos vem aumentando, mesmo por aqueles que não usaram a Internet antes, aproveitando as ferramentas que eles têm, como poder Enviar e receber imagens, vídeos, serviço de bate-papo, até mesmo receber notícias geradas no momento.

Café em CybercaféDitarither

Embora em muitos países o conceito de café em si não é a constante, Ainda são muitas dessas empresas que permitem a venda e consumo de alimentos e bebidas, incluindo café. Talvez o nome do café esteja associado aos cafés antigos, onde as pessoas se encontraram para trocar opiniões com seus amigos e conhecidos, e como tal é apenas uma evolução natural favorecida pela tecnologia. Muitos Cybercafés são chamados, portanto, mesmo que não vendam qualquer alimento ou nenhuma bebida.

software de administração

para administração e controle de um cybercafé pode ser encontrado software livre ou comercial, o que Permite o gerenciamento, gerenciando o tempo de uso, manipulando o estoque de produtos, bloqueando o equipamento e o gerenciamento de contabilidade. Também permite que você carregue um banco de dados de clientes daqueles que ajudam com mais frequência, ao receber benefícios para cada promoção e fazer marketing de fidelidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *